BLOG construtora você

05 . abr . 2021

Análise de crédito para imóveis: como é feita?

Ter um imóvel próprio é o grande sonho da maioria das famílias, já que ter uma casa própria é sinônimo de estabilidade e segurança. No entanto, não são todos que conseguem pagar à vista.

Você pode adquirir sua casa própria por meio do financiamento de imóvel. Esse processo inclui uma etapa chamada de análise de crédito.

Então, neste texto vamos te explicar como funciona a análise de crédito, como ela impacta o financiamento e quais são os principais passos para realizar essa análise. Acompanhe!

O que é a análise de crédito

A análise de crédito é uma ação onde a instituição financeira avalia a capacidade do cliente em pagar as parcelas em dia. É com ela que a empresa reconhece se o cliente tem capacidade financeira de pagar a dívida que pretende fazer.

Importância da análise de crédito

Acima de tudo, a grande importância da análise de crédito é que, sem ela, o cliente não consegue comprar o imóvel.

A análise de crédito também traz segurança para comprar um imóvel e assegura o comprador e a empresa, além de reduzir a inadimplência.

Como é feita?

Para realizar a análise de crédito, o comprador deve procurar o setor comercial da construtora para que tudo seja esclarecido.

São considerados para a aprovação do crédito: o valor e o objetivo do empréstimo, o prazo para pagamento, as condições do imóvel, a condição financeira e as informações pessoais do cliente, o histórico de pagamento desse cliente e se esse cliente possui nome cadastrado no SPC.

Documentação necessária

  • RG e CPF;
  • certidão de nascimento ou de casamento;
  • comprovante de endereço atualizado (até 2 meses);
  • comprovante de renda (até 2 meses);
  • CTPS completo.

Se você tiver filhos, é necessário levar a certidão de nascimento deles. Ademais, documentos complementares poderão ser solicitados ao longo da operação.

O que pode dificultar a aprovação do crédito?

Existem vários fatores que podem dificultar a aprovação da linha de crédito por parte dos bancos. Mas, normalmente são fáceis de solucionar.

Alguns desses fatores são:

  • Nome cadastrado nos órgãos de proteção ao crédito: em primeiro lugar, entre em contato com a empresa que cadastrou o seu nome e negocie a dívida. Caso você não saiba qual é a empresa, entre em contato com o órgão de proteção do crédito, peça para identificarem qual é a empresa e quite o valor que está em aberto. Dessa forma o seu nome ficará limpo.
  • Problema com INSS ou Receita Federal: dívidas por conta de impostos atrasados ou questões com outros órgãos federais podem dificultar a aprovação do crédito. Para solucionar, procure o órgão que você está cadastrado e faça uma análise.
  • Dados incorretos: se você passar dados incorretos ou desatualizados na hora da análise de documentos, também terá um empecilho na aprovação do crédito. Sendo assim, sempre confira toda a sua documentação antes de entregar os documentos.

Então, agora que você entendeu como funciona a análise de crédito, continue nos acompanhando por aqui e veja mais sobre esses assuntos!

Compartilhar este artigo:

Deixe seu comentário